Cobra Cascavel

Género: Crotalus e Sistrurus (mais de 50 espécies diferentes)

Localização geográfica

Cobra Cascavel (imagem)
  • Encontra-se em todos os países da América do Sul, excepto Equador e Chile, e em algumas ilhas das Caraíbas.

Aspecto

  • Duas enormes presas de veneno fixas na parte da frente da boca.
  • Dentes sólidos em ambos os maxilares.
  • As dimensões e os padrões na pele das cobras cascavéis variam muito entre as várias espécies.
  • As espécies maiores podem ter até 2,5 m de comprimento.
  • A característica mais comum é o “guizo” na ponta da cauda.
  • A cobra cascavel muda a pele várias vezes por ano e de cada vez que a muda é acrescentado outro segmento ao “guizo”.

Veneno

  • Extremamente venenosas. Normalmente hemotóxico (destrói os glóbulos vermelhos do sangue), mas algumas espécies tropicais têm veneno neurotóxico (causa danos nos tecidos nervosos) e é potencialmente fatal.

 
Mordedura

  • Geralmente, são visíveis marcas de presas na mordedura.
  • Inchaço e hematoma à volta da mordedura, com velocidade de desenvolvimento que depende da quantidade de veneno injectado.

Ciclo de vida

  • As cobras cascavéis parem crias vivas. Não põem ovos.
  • As crias de cobra cascavel são independentes e auto-suficientes à nascença.
  • A maior parte das cobras cascavéis acasala na Primavera.
  • As cobras cascavéis recém-nascidas não têm “guizos” que emitam som. Só os ganham após a primeira muda de pele.

Hábitos

  • Costumam viver nas savanas áridas.
  • Estas cobras costumam afastar-se dos humanos que encontram, mas nem sempre. Só costumam atacar se forem provocadas ou encurraladas.
  • A dieta é composta sobretudo por pequenos animais como coelhos, ratazanas, ratos, etc.
  • As cobras cascavéis matam as presas por injecção de veneno, não por constrição.
  • Estas cobras, ao contrário da maior parte, consegue atacar sem adoptar a forma de “S”. Conseguem atacar num só impulso vítimas que estejam a uma distância de dois terços do seu comprimento.
  • Encontram-se muitas vezes debaixo de pedras e troncos, bem como a apanhar sol em caminhos.